A Qualcomm, criadora do software Eudora, anunciou que irá entregar à Fundação Mozilla a reestruturação da sua aplicação de email, por forma a torná-lo mais actual no mercado, através de uma arquitectura de código aberto e segura que permita renovar o produto.



A primeira versão do novo software, que será baseado no Thunderbird, tem lançamento marcado para o primeiro semestre do próximo ano mas, até lá, a Qualcomm pretende continuar a vender as versões actuais da aplicação.



O projecto de reformulação da aplicação de email foi designado Penelope, mas as duas empresas garantem que não se vai assistir a uma fusão do Eudora com o Thunderbird, sendo objectivo do projecto manter as duas aplicações separadas, embora beneficiando de melhorias comuns no futuro.


O Eudora foi criado em 1988 e, durante os primeiros tempos da Internet foi uma das aplicações de correio electrónico mais utilizadas. No início dos anos 90 o Eudora cobrava 50 dólares por ano para a manutenção do produto e oferecia uma versão gratuita com publicidade. Contudo, o aparecimento de contas como o Hotmail e aplicações como o Outlook e o Apple Mail, levaram a que o produto perdesse quota de mercado, o que levou a Qualcomm a adquirir o produto em 1991.



A mudança para uma aplicação baseada no Thunderbird, dará ao Eudora melhoramentos ao nível da infra-estrutura e, de acordo com Steve Dorner, vice presidente no sector de tecnologias da Eudora, "tornando a aplicação num software de código aberto trará mais investigadores que nunca a trabalhar no Eudora".

Notícias Relacionadas:

2006-10-02 - Hackers apontam falha crítica no Firefox

2002-09-25 - Projecto Mozilla revela novo browser mais rápido

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.