Em Tóquio, no Japão, há um novo restaurante que decidiu, enquanto apostava na tecnologia e originalidade, ajudar pessoas com deficiências agravadas, que os impossibilita de trabalhar. Neste caso, são robots, com um aspeto de “marcianos” nos filmes de ficção científica, mas com ar amistoso, a servir às mesas do restaurante. Estes são controlados remotamente pelos trabalhadores, a partir de casa.

São cinco os robots OriHime-D, cada um mede cerca de 1,20 metros, que são controlados através de um tablet ou computador. Para interagir com os clientes, os robots têm câmara, altifalantes e microfones. Depois de receberem e processarem as ordens, estes servem os pratos e bebidas aos clientes.

Neste programa-piloto, o restaurante pretende testar a tecnologia até ao próximo dia 7 de dezembro, dando emprego a 10 pessoas, que recebem cerca de 9 euros à hora pelo trabalho. Se a experiência correr bem, os donos do restaurante pretendem lançar um serviço de restauração completo e permanente até aos próximos Jogos Olímpicos, que decorrem na cidade, em 2020.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.