A Samsung e a Panasonic colocam esta semana à venda, nas lojas norte-americanas, as suas primeiras televisões adaptadas à visualização de imagens a três dimensões.

Em Fevereiro, a Samsung tinha já anunciado o lançamento para a Europa de modelos 3D, que ficou na altura previsto para Março, e a Panasonic prometeu "para a primavera" a comercialização dos primeiros modelos na Europa, mas entretanto não foram apresentados mais detalhes.

Dirigida ao mercado norte-americano, a Samsung anunciou ontem a disponibilização de dois "pacotes" compostos por televisor, dois pares de óculos e um leitor de Blu-ray 3D, com preços a partir de 3 mil dólares (2.204 euros) - para um ecrã de 46 polegadas.

Nos próximos dois meses a empresa deverá ainda fazer chegar ao mercado mais 13 modelos capazes de reproduzir imagens em 3D, com preços a partir de 2 mil dólares (cerca de 1.470 euros).

Os equipamentos da Panasonic devem começar a ser vendidos durante o dia de hoje, mas ainda não foram revelados preços. Sabe-se também que os televisores irão apresentar apenas imagens em 3D, ao contrário dos equipamentos da Samsung, que permitem assistir aos conteúdos nas duas "versões".

A oferta de lançamento apresentada pela Samsung conta ainda com uma cópia 3D do filme Monsters vs Aliens e foi também anunciado um acordo com a DreamWorks que deverá permitir a disponibilização de mais conteúdos em 3D mais para o final do ano.

A falta de conteúdos é um dos principais problemas apontados à massificação da tecnologia, ainda assim as empresas estão optimistas e os estudos de mercado apresentam previsões de crescimento. De acordo com a iSuppli Corp, espera-se que em 2010 sejam vendidos, a nível mundial, 4,2 milhões de televisores 3D, em 2011 o número deve subir para os 12,9 milhões e um ano depois atingirá os 27 milhões.

A Samsung estima que dos 35 milhões de televisores vendidos (por todos os fabricantes) este ano nos EUA, 3 a 4 milhões dos sejam 3D. A Sony, que anunciou ontem a chegada das suas primeiras TVs 3D para Junho, afirmou que espera que este tipo de equipamentos sejam responsáveis por 10 por cento das vendas de televisores da companhia ainda este ano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.