A Hitachi é a sexta fabricante a anunciar que retirará do mercado baterias de lítio fabricadas pela Sony. No total são 16 mil os dispositivos que correm risco de sobreaquecer, revela a Reuters.



A empresa irá substituir os dispositivos gratuitamente através de um programa de recolha internacional, disse Masahiro Takahashi, porta- voz da companhia.



Até aqui ainda não foram registados casos de incêndios por sobreaquecimento das baterias nos laptops da marca, pelo que a retirada surge como uma medida de prevenção dados os casos registados com os equipamentos de outros fabricantes com baterias Sony.



A Hitachi já havia anunciado que retiraria apenas os packs de baterias para os seus portáteis embora nunca tenha dado uma estimativa do número de equipamentos que seriam trocados. Actualmente sabe-se que os equipamentos afectados são o Flora 210W e Flora Se210, referiu o responsável.


A decisão surgiu após a própria Sony pedir às fabricantes que localizassem os produtos defeituosos, por forma a trocar as baterias.



Desde Agosto que começaram a ser registadas retiradas de baterias de lítio defeituosas, com marcas como a Dell, Apple, Lenovo, IBM e Toshiba a fazerem parte dos queixosos.

Notícias Relacionadas:

2006-09-29 - Lenovo junta-se à lista de fabricantes que recolhem baterias de portáteis

2006-08-25 - Apple sucede a Dell na retirada do mercado de baterias fabricadas pela Sony

2006-08-16 - Risco de explosão leva Dell a retirar 4,1 milhões de baterias do mercado

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.