Mesmo que a realidade virtual ainda seja encarada com algum ceticismo pelos jogadores, pela qualidade dúbia de certos títulos, o catálogo do PlayStation VR tem crescido. Os jogos são agora mais complexos e têm mais qualidade, levando aos resultados positivos e a cada vez mais vendas do periférico de realidade virtual da PlayStation 4. Nesse sentido, a Sony revelou que já vendeu 4,2 milhões PS VR, um marco impressionante para um periférico que está à venda há pouco mais de dois anos.

Foi o próprio Shuhei Yoshida, presidente do Worldwide Studios da Sony que revelou o número “redondo” das vendas, na sua conta do Twitter. E nada como aproveitar o marco para anunciar novos títulos para os próximos meses, como aconteceu na recente State of Play. O líder dos estúdios da Sony acrescentou ainda na sua mensagem que ainda estão 25 títulos VR na calha, para serem apresentados em breve.

Na galeria pode encontrar alguns dos títulos que vão chegar em breve e a respetiva data de lançamento.

Comparativamente às vendas dos seus rivais, nomeadamente o Oculus Rift e o HTC Vive, a IDC publicou um estudo em dezembro que dava conta que no último trimestre de 2018, tinham vendido 300 mil e 230 mil unidades respetivamente, enquanto a Sony tinha vendido 463 mil headsets no mesmo período, ultrapassando assim vendas totais de um milhão de periféricos de realidade virtual, num crescimento de 428,6%.

Felizmente a Sony não pretende estagnar e já anunciou diversos títulos, como pode assistir no trailer, destacando-se o jogo de Iron Man para este ano, o título de ação da London Studios Blood & Truth, que o SAPO TEK teve oportunidade de entrevistar na última Lisboa Games Week, e também a atualização Boyond para No Man’s Sky que introduz a experiência VR ao jogo de ficção científica. Um dos mais conhecidos jogos de terror, Five Nights at Freddy’s vai receber uma nova aventura de terror em VR intitulado de Help Wanted.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.