O conceito de reutilização que assiste à nova “economia do espaço” assenta na recuperação daquilo que é lançado para baixar custos, e é por isso que a SpaceX não se cansa de tentar. Recentemente, a empresa espacial fez um novo teste para recuperar um cone de nariz de foguetão, o casco que protege os satélites a bordo dos Falcon 9 e que depois “cai” durante o voo, dividido em dois.

Um novo vídeo, postado nas redes sociais, mostra Mr. Steven - o barco apanhador de metades de cones de nariz de foguetão da SpaceX - a tentar acolher a “peça” na sua rede. E desta vez, esteve mesmo muito próximo de conseguir. Tudo parecia bem, mas o final acabou por não ser o melhor…

A SpaceX tem tentado aperfeiçoar esta técnica de receção para apanhar as metades de cones de nariz (já que custam seis milhões de dólares por cada voo), e que estão apretrechadas de sensores e de paraquedas, para facilitar a recuperação. A empresa já tinha tentado o recurso a Mr. Steven em três lançamentos de facto, mas sem sucesso – mesmo depois de ter aumentado a dimensão da rede colocada no barco.

Das últimas vezes, e para intensificar os treinos, a empresa de Elon Musk para o espaço usou um helicóptero que transportou e deixou cair os cones em alto mar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.