Numa mensagem curta na sua conta no Twitter e a acompanhada por um vídeo de teste estático dos motores do foguetão Falcon 9, com a cápsula Crew Dragon acoplada, a SpaceX afina as preparações finais para o derradeiro teste em fevereiro. “Teste de disparo estático completo – estamos a apontar para fevereiro para o lançamento histórico no complexo 39A (Centro Espacial Kennedy) a demonstração do voo da Crew Dragon”, lê-se na mensagem.

Apesar do teste ter corrido bem, ao que parece, a sua duração foi menor do que a prevista, o que pode ser repetida nos próximos dias, sugere o jornalista da CBS, William Harwood, ainda que não confirmado pela SpaceX.

SpaceX já montou o seu grande foguetão. E Elon Musk fez questão de mostrar foto
SpaceX já montou o seu grande foguetão. E Elon Musk fez questão de mostrar foto
Ver artigo

Segundo a Engadget, fontes anónimas indicaram que o teste de voo está previsto para o dia 23 de fevereiro. De destacar ainda que os testes de voo dos veículos, tanto da SpaceX como da Boeing estão a ser suportados por técnicos da NASA associados ao programa, que não estão a ser pagos, devido ao extenso “shutdown” do governo americano, refere a Ars Technica, em prol do sucesso das missões.

A Crew Dragon é uma versão alterada da nave utilizada para transportar as mercadorias para a ISS desde 2012. Esta foi modificada para transportar até sete astronautas, tendo sido adicionados sistemas de suporte de vida, assim como diversas tecnologias que têm de ser testadas em voo. Entre elas os painéis solares construídos para a nave.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.