Uma start up norte americana está a preparar uma consola de jogos para concorrer com a Playstation, a Xbox e a Wii. A máquina chama-se Ouya, usa o sistema operativo Android e vai custar 99 dólares (cerca de 80 euros), mas os jogos são totalmente grátis.

Por trás da ideia da Ouya estão alguns pesos pedados da indústria de jogos e dos computadores, como Ed Fries que liderou a área de jogos da Xbox, ou Yves Behar, que esteve envolvido no design do projeto OLPC (One Laptop Per Child).

A consola é um bloco quase fechado que se liga à televisão, mas os promotores garantem que foi construída para ser hackada, descrevendo-a como um kit de desenvolvimento.

[caption]ouya[/caption]

De acordo com a informação divulgada, o modelo de publicação de jogos para a consola afasta-se radicalmente do que é usado pela Sony, a Microsoft ou a Nintendo nas suas consolas de jogos de mesa, assemelhando-se mais aos jogos para telemóveis e redes sociais.

Num post colocado numa rede social para empreendedores Yves Behar defende que são as empresas e produtos disruptivos que podem remodelar as indústrias e afirma que a Ouya é uma consola de jogos aberta e uma plataforma que permite às pessoas construírem os seus jogos, jogarem e partilharem os jogos, desafiando os programadores a trabalhar para este novo modelo.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Fátima Caçador

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.