De acesso fácil e sem necessidade de contratos a longo prazo, o Sun Grid da Sun está agora disponível através da Internet, a partir do site www.network.com, para todos aqueles que necessitarem de capacidades de processamento alargadas para a execução de tarefas informáticas complexas.



A fabricante vai cobrar 1 dólar à hora por CPU aos clientes que quiserem "alugar" capacidade do seu "supercomputador" que numa fase inicial só estará disponível para os utilizadores norte-americanos, embora seja intenção da empresa oferecer o serviço globalmente.



O anúncio encaixa-se na filosofia da Sun segundo a qual "o computador é a rede". De acordo com Jonathan Schwartz, presidente e COO da empresa, o lançamento representa o futuro do desenvolvimento de produtos na Sun. "E não só: representa o futuro da computação", comentava a partir do seu blog, na semana passada.



O conceito de grid computing - forma de computação distribuída que envolve a coordenação e a partilha de processamento, aplicações, dados, armazenamento e recursos de rede - é bem conhecido entre os profissionais de TI. O problema, segundo o presidente da Sun é que a maior parte das redes é muito específica no que diz respeito a aplicações. A construção de uma rede de propósito geral era por isso uma novidade.



A princípio, a criação de novas contas levará algumas horas. Segundo Schwartz, a empresa quer facilitar o aprovisionamento, mas a demora deve-se à preocupação com os requisitos de segurança. O "supercomputador a pedido" começará a operar com menos de cinco mil sockets de CPU, tanto Opteron quanto UltraSPARC. Essa capacidade será alargada conforme a procura.



"A Sun é o primeiro e único fabricante a oferecer um utilitário grid credível através da Internet" afirma Jonathan Schwartz no comunicado enviado à imprensa. "Ao fornecer a computação como um serviço, o Sun Grid permite aos programadores, investigadores e profissionais de computação optimizarem o tempo em resultados, sem investimentos nas infra-estruturas de tecnologias de informação. A computação on-demand é agora verdadeiramente 'a pedido', com uma simples utilização de cartão de crédito e uma ligação Web e não com uma relação de outsourcing complexa."



Rede atacada ao primeiro dia de funcionamento

Já confirmado pela Sun, a Sun Grid foi atingida por um ataque de denial of service, ontem, no seu primeiro dia de funcionamento



Na altura em que o ataque se verificou, a fabricante testava um serviço de tradução de texto para voz de acesso público. Devido à dimensão do mesmo, a Sun viu-se obrigada a mudar o serviço para a parte da plataforma que requer alguma forma de autenticação no acesso.



Além dessa transferência, os ataques não causaram qualquer outro distúrbio no normal funcionamento da rede, assegura a Sun.



Notícias Relacionadas:

2005-05-09 - Sun adia lançamento do serviço Sun Grid

2005-02-01 - Sun lança novas ofertas dentro do conceito utility computing

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.