A Sun anunciou ontem o lançamento do LX50, o primeiro computador servidor para fins genéricos da fabricante baseado no sistema operativo Linux e integrando processadores Intel.



O LX50 foi concebido para aplicações de redes como caching e streaming ou para ser utilizado como um servidor de gama de entrada em "quintas" de computadores de elevado desempenho e irá ser disponibilizado em versões de um e dois processadores, cada uma integrando chips Pentium III da Intel de 1,4 GHz.



Com um preço a partir dos 2.795 dólares (2.856,65 euros), trata-se, como a Sun reconhece, de um servidor gama baixa e de reduzido custo integrando componentes de hardware económicos. A fabricante pretende obter mais dinheiro mediante a integração de software aplicacional, serviços profissionais e suporte de clientes. Numa tentativa para diferenciar-se, irá disponibilizar a sua própria distribuição do Linux, denominada Sun Linux 5.0.



Os responsáveis pela Sun afirmaram ainda que irão revelar planos a nível da computação cliente numa conferência que irá ocorrer entre 18 e 20 de Setembro, o que poderá significar que a empresa pretende desenvolver um concorrente ao PC Windows correndo o Linux e o StarOffice, a sua suite de ferramentas de produtividade semelhante ao Microsoft Office.



Actualmente, a Sun já utiliza o Linux em servidores de gama baixa para fins específicos, mas estes computadores não possuem a flexibilidade para concorrer com a sua principal linha de produtos, de acordo com alguns analistas. O novo servidor poderá também correr, opcionalmente, o Solaris, a versão do sistema operativo Unix da companhia.


Notícias Relacionadas:

2002-06-05 - Sun lança novos servidores de entrada de gama e acelera Netra 20 até aos 900 MHz

2002-05-22 - Sun revela nova versão de Solaris com mais aplicações integradas

2002-02-08 - Sun prepara-se para lançar novos servidores Linux de gama baixa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.