O Super Bowl é um dos maiores acontecimentos desportivos do ano e uma das transmissões mais vistas no mundo, levando as empresas promotoras a “digladiarem-se” com milhões de dólares para conquistar segundos de antena nos intervalos, para suas campanhas de publicidade. Para este ano, a CBS pretende uma transmissão televisiva ostentada pela tecnologia e para tal não irá poupar esforços para transmitir com qualidade 8K e diversas funcionalidades baseadas em realidade aumentada.

O Super Bowl, que dita a final do futebol americano (NFL), irá decorrer no dia 3 de fevereiro no Estádio Mercedes-Benz em Atlanta, na Geórgia. A CBS vai captar a partida com 14 câmaras, que incluem sistemas aéreos com o objetivo de criar elementos gráficos virtuais desenhados para se misturar com o ambiente do jogo, refere o Engadget. Isto significa que os telespetadores irão assistir à partida com elementos de realidade aumentada, de diferentes ângulos.

O canal pretende captar todas as emoções da partida, mostrando os atletas ao detalhe, através de câmaras 8K, complementadas por outras de 4K. E para que os fãs vibrem no momento dos touch downs, haverão câmaras colocadas na linha final do campo, as chamadas “end zones”, com a CBS a reclamar para si algumas inovações na transmissão, incluindo a primeira rede televisiva a utilizar tecnologia 8K desta forma.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.