Aproveitando a realização da sua Developers Forum durante esta semana em Londres, o consórcio Symbian - responsável pelo desenvolvimento e licenciamento de uma plataforma para telemóveis e outros dispositivos móveis - anunciou mais duas novidades, uma relativa à criação do Platinum Program, em que os subscritores pagantes poderão aceder ao código-fonte do sistema operativo e outra sobre o estabelecimento de uma aliança com a Intel.



Através do Symbian Platinum Program, os produtores de hardware e software membros da iniciativa terão o mesmo acesso ao código-fonte do sistema operativo que os fabricantes de telemóveis, representando cerca de 95 por cento do total.



Os subscritores Platinum serão obrigados a pagar para terem direito a este privilégio. Mas em troca, irão obter ainda suporte técnico, oportunidades conjuntas de marketing e acesso prévio a kits de programação e ferramentas.



O outro anúncio efectuado pelo consórcio consistiu na divulgação de que a Symbian e a Intel terminaram a adaptação da mais recente versão do sistema operativo do consórcio - a Symbian OS 7.0 - para os processadores de aplicações da fabricante de semicondutores baseados na tecnologia Intel XScale. As duas entidades pretendem lançar um pacote de suporte de placa com vista a "acelerar o processo de concepção das aplicações e telemóveis da próxima geração".



Mas a Intel e a Symbian tinham já anteriormente colaborado de forma a que a versão 7.0 da plataforma suporte funcionalidades multimédia e de comunicações sem fios para a Intel Personal Client Architecture (Intel PCA), a micro-arquitectura da fabricante de semi-condutores para a criação de dispositivos móveis que combinem comunicações de voz e acesso à Internet.



Um dos aspectos da cooperação entre as duas entidades irá consistir na partilha de informação essencial. A partir de Maio, a Intel irá lançar o sistema de programação DBPXA250 incluindo o pacote de suporte de placa para o Symbian OS para fabricantes de telemóveis e programadores de software que criam produtos que recorrem aos processadores de aplicações PXA250 e PXA210 da Intel.



O sistema de desenvolvimento irá incluir uma vasta gama de ferramentas de programações como um compilador e o debugger XDB JTAG da arquitectura XScale para o Symbian OS. A Intel irá ainda disponibilizar ferramentas adicionais como o software Integrated Performance Primitives e o suporte de tecnologias sem fios como GSM/GPRS, 802.11 e Bluetooth.


Notícias Relacionadas:

2002-04-24 - Motorola anuncia suporte do DragonBall MX1 a todas as versões do Symbian OS

2001-08-22 - Intel e Symbian em parceria para dispositivos sem fios

2000-09-21 - Intel apoia plataforma Symbian

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.