O novo tablet da OLPC vai literalmente cair do céu. Os computadores vão ser largados, a partir de helicópteros, em aldeias de lugares remotos, às quais os membros da organização voltarão passado um ano para avaliar o resultado.

A ideia é que não haja um contacto inicial entre os responsáveis e as crianças, para promover uma aprendizagem sem a intervenção de educadores. O método consiste em dotar as crianças de ferramentas e deixá-las tratar do resto, tirando partido da sua curiosidade de tempo livre.

Os planos foram descritos por Nicholas Negroponte, presidente da organização One Laptop Per Child (OLPC), durante a conferência Open Mobile, que começou ontem em São Francisco (EUA), relata o TechCrunch.

Segundo explicou o mentor do projeto que visa disponibilizar às crianças de países não desenvolvidos um tablet de muito baixo custo, existem estudos que sustentam o sucesso do método de aprendizagem que pretendem pôr em prática com o novo método de distribuição dos computadores.

Embora as primeiras experiências de implementação do tablet XO-3 se tenham revelado positivas, com centena de milhares de crianças no Peru a usarem o equipamento, alegadamente para ensinar os pais a ler e os dispositivos a provarem ser resistentes e duráveis, o maior desafio continua a ser fazer os computadores chegarem aos seus destinos.

As dificuldades registadas levaram o responsável a propor uma nova abordagem. "Vamos literalmente levar os tablets e atirá-los dos helicópteros", afirmou Nicholas Negroponte, citado pelo blog especializado.

O presidente da OLPC acredita que os equipamentos são suficientemente fáceis de utilizar para permitir que as crianças os aprendam a usar sem instruções. Anda assim, está previsto que a organização se desloque aos locais passado um ano, para ver como correu o plano.

O pior que pode acontecer é "um irmão mais velho ficar-lhes com o computador para ver pornografia. É a vida", admitiu.

O tablet a ser usado deverá estar pronto no final de 2012, tendo como base o design revelado há cerca de um ano e incluindo um painel solar para recarregar a bateria e um ecrã de 10 polegadas da Pixel Qi, concebido para permitir a visualização mesmo sob luz solar.

[caption]tablet XO-3[/caption]

Recorde-se que o tablet da OLCP foi revelado em finais de 2009 mas tem-se deparado com alguns contratempos. Em abril último, o presidente da organização sem fins lucrativos tinha vindo publicamente afirmar que não tinha desistido da ideia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.