O número, que mostra um crescimento acentuado face às 30 mil viagens feitas até janeiro deste ano, faz do serviço o maior do género atualmente em funcionamento nos Estados Unidos, ou mesmo no mundo, segundo os seus promotores.

Colocada no terreno em maio de 2018, a frota de robots táxi da Lyft é constituída por 30 carros BMW 540i modificados, todos equipados com sensores, câmaras e software desenvolvidos pela Aptiv. Os veículos são pedidos através da aplicação da Lyft e, apesar de se conduzirem sozinhos, chegam com um motorista de segurança, pronto para pegar no volante em caso de emergência.

A Waymo, a unidade de condução autónoma da Alphabet, opera uma frota maior em Phoenix, mas só está disponível para cerca de 1.000 utilizadores registados.

"Acreditamos ser o maior serviço de veículo autónomos do mundo aberto ao público ", disse Karl Iagnemma, presidente de mobilidade autónoma da Aptiv, em declarações à Forbes. “Basicamente, chama um veículo como se fosse um Lyft normal. Se tiver sorte, um dos nossos carros vem buscá-lo - e há hipótese de que a viagem seja totalmente feita sem as mãos no volante”, acrescentou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.