Há dispositivos para todos os gostos e carteiras: desde o tablet de entrada de gama até ao computador premium. A Toshiba continua apostada em tentar responder a todas as necessidades que os consumidores podem ter e apesar de a mobilidade estar a viver um momento de grande procura, a empresa admite que é nos computadores que a parte central do negócio se concentra.



Os cinco equipamentos que o TeK detalha na seguinte galeria vão ficar disponíveis em Portugal durante as próximas semanas, sendo expectável que estejam todos disponíveis entre o final de julho e o início de agosto.

De todos os equipamentos que a Toshiba vai introduzir no mercado português o Kira é o que se destaca e por dois motivos: primeiro porque é o topo de gama da marca e depois porque chega ao mercado nacional mais de um ano depois de ter estreado a nível internacional.

Para compensar o “atraso” os portugueses vão já receber a segunda geração do computador, que vem equipada com processadores Intel Core i7 da geração Haswell. Os executivos da empresa têm grande expectativa no sucesso comercial do Kira porque além de ser uma grande aposta da subsidiária que se esforçou para trazer o computador para Portugal, acredita que o mesmo encaixa no perfil dos utilizadores portugueses.

De acordo com Nuno Carapinha, responsável pela área comercial da Toshiba, esta vaga de equipamentos fecha o lote de dispositivo que constituem o catálogo da empresa para o regresso às aulas, que acontece em setembro. Mas de acordo com o mesmo responsável, até ao final do ano e a pensar na época forte que é o Natal, novos equipamentos serão apresentados até lá.

Já o diretor de marketing da Toshiba Portugal, Jorge Mendes, reforçou o compromisso da empresa com os novos formatos. Suportada em números da IDC para a Europa, Médio Oriente e África (EMEA), a Toshiba vai tentar assegurar uma fatia do mercado dos computadores ultra-finos e dos computadores 2-em-1. Estima-se que até 2018 os novos formatos vão representar quase 50% do mercado, cabendo os restante 50% ao conceito tradicional de portátil.

“Os 2-em-1 vão deixar de ser um nicho de mercado e a Toshiba vai apostar nesta área”, garantiu o executivo português.

A acompanhar este compromisso, um outro: a aposta no sistema operativo Windows. Os equipamentos apresentados hoje, 24 de julho, trazem todos de origem o Windows 8.1. Na opinião do diretor-geral da Toshiba para Portugal e Espanha, João Amaral, é atualmente o sistema operativo que melhor responde às necessidades do mercado, podendo ser aplicado a diferentes dispositivos com diferentes formatos.

"O Windows 8.1 está preparado para esta evolução, tem mais funcionalidades e permite uma boa simbiose entre diferentes cenários", explicou João Amaral.

Rui da Rocha Ferreira


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.