Os servidores empresariais estão em risco e os colaboradores das empresas não estão a ajudar.

De acordo com os últimos relatórios anuais da Check Point, empresa israelita especializada em segurança informática, a cada quatro segundos, um novo malware instala-se nos servidores da sua empresa através de um download feito por um dos seus trabalhadores.

Desta forma, a tecnológica conclui que o malware desconhecido continua a crescer de forma exponencial. Em comparação com o ano passado, a Check Point identificou nove vezes mais software malicioso destinado às empresas, um total de 12 milhões de novas variantes de malware por mês que são enviadas, na sua grande maioria, através de e-mail e mecanismos de engenharia social.

Em 85% dos casos as ameaças só foram descobertas depois de já terem penetrado os sistemas empresariais, um fenómeno que as falhas de segurança estimulam em boa parte dos casos. A empresa sublinha ainda que apesar dos investimentos feitos na segurança informática, os dispositivos móveis ainda representam um ponto frágil, preferencial no acesso à rede das empresas e, consequentemente, ponto de contacto entre as ameaças e a internet do local de trabalho. Neste ponto, os números indicam que um em cada cinco colaboradores é usado inadvertidamente para conduzir ataques através de malware móvel ou de uma ligação Wi-Fi maliciosa.

Face a esta realidade, a Check Point sublinha que a "construção de uma melhor arquitetura de segurança" é essencial para dar uma resposta eficiente às ameaças presentes e futuras sendo que deve ser dada uma especial atenção à "proteção de dispositivos móveis e à segmentação de redes para que possam ser exaustivamente monitorizadas".

O Check Point 2016 Security Report e o Exploits at the Endpoint: SANS 2016 Threat Landscape Study foi realizado com base em mais de 300 entrevistas a profissionais da segurança informática e na análise da atividade de mais de 31 mil gateways em todo o mundo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.