A Google disponibilizou versões do seu browser Chrome destinadas a sistemas Mac e Linux, mas avisa que são ainda work-in-progress e que por isso só os programadores devem descarregá-las.

"De modo a termos um maior feedback dos programadores, disponibilizamos versões de desenvolvimento primárias do Google Chrome para Mac OS X e Linux, mas, independentemente do que faça, NÃO AS DESCARREGUE", referem os responsáveis da Google num post.

"A não ser que seja programador ou goste muito de software incompleto, imprevisível e que provavelmente irá 'crashar'", acrescentam.

A nova versão do browser da Google está disponível para utilizadores de Debian e Ubuntu e para utilizadores Mac com plataformas Intel, refere a C/Net.

Refira-se que os dados mais recentes da Net Applications, relativos a Maio, mostram que o Chrome cresceu 27 por cento face a Abril, o avanço mais expressivo desde o lançamento do browser.

Os valores continuam a confirmar, contudo, a liderança indiscutível do Internet Explorer. Segue-se o Firefox, o Safari e só depois o Chrome.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.