As vendas do mais recente sistema operativo da Microsoft parecem estar a correr de feição. Steve Ballmer já as tinha apelidado de "fantásticas", mas agora é a vez do NPD Group afirmar que o Windows 7 vendeu 234 por cento mais do que o seu predecessor Windows Vista na estreia no mercado norte-americano.

A consultora aponta a componente promocional e a boa execução ao nível das entregas como factores de sucesso.

Os números apurados comparam as unidades comercializadas entre 18 a 24 de Outubro, incluindo as pré-reservas do Windows 7, aos primeiros dias de venda do Vista. De lado ficaram as vendas da mais recente versão do sistema operativo às empresas.

Os dados do NPD Group confirmam assim o optimismo mostrado pelo presidente da Microsoft que, sem revelar números, descreveu as vendas como "fantásticas".

Segundo Steve Ballmer, as receitas do Windows 7, nos primeiros dez dias de comercialização, superaram as de outros sistemas anteriores, incluindo o Windows XP.

Ballmer sugeriu igualmente que o interesse pelo Windows 7 trouxe benefícios ao "problemático" mercado dos computadores, porque "as pessoas não compram sistemas operativos, compra computadores com sistemas operativos instalados", afirmou numa conferência de imprensa realizada em Tóquio, no Japão, citado pela imprensa internacional.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.