A Fundação One Laptop Per Child vai retomar a iniciativa que no Natal do ano passado alargou a estratégia de vendas do equipamento.

Do foco exclusivo nos países em vias de desenvolvimento, o XO foi temporariamente vendido também nos Estados Unidos. A ideia era compensar algum atraso no arranque do programa e na falta de capacidade para que este pudesse dar origem a computadores tão baratos quanto se julgou inicialmente, apostando na venda directa ao público com uma componente solidária.

A proposta feita aos americanos era que comprassem dois XO. Um para si e um para doar, por um preço total de 399 dólares.

A logística da campanha acabou por fazer da ideia um fracasso, sobretudo graças a um problema no software que tornou inacessíveis os dados de muitas das encomendas efectuadas, que aliás superaram as previsões da fundação, pelo enorme volume registado. Muitas acabaram depois por ser canceladas.

A ideia da OLPC é voltar à carga com a campanha G1G1, mas desta vez contando com a Amazon para se encarregar da logística de distribuição do produto.

O regresso do OLPC ao mercado americano acontecerá numa altura em que as opções de baixo custo se multiplicaram, com preços idênticos e até com algumas vantagens ao nível da performance, como provam os últimos modelos EeePC.

A seu favor o equipamento poderá ter aspectos como a simpatia pela causa ou o design único.

A informação revelada pela Ars Technica refere apenas o mercado dos Estados Unidos, como destinatário desta segunda edição da campanha G1G1.

Notícias Relacionadas:
2008-05-21 - 2ª Geração do XO chega em 2010 mais barata e com novo design
2008-01-09 - OLPC não entra em guerras e suporta XP e Linux

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.