Alguns dos vírus que no passado atormentaram os internautas estão reunidos num zoológico virtual que pode ser visitado na Galeria Cyberlounge do Museo Tamayo de Arte Contemporânea, no México.



"Utiliários para um Universo Instável" é o nome da mostra que inclui vários trabalhos do artista argentino Gustavo Romano, entre eles o zoológico de vírus e o IP Poetry - um conjunto de robots virtuais que recitam poesia recorrendo a pesquisas na Internet. O ecrã enche-se de bocas e cada uma delas acrescenta uma palavra para formar um poema.



Quanto aos vírus, são quase todos dos anos 90, embora alguns sejam um pouco mais recentes. O artista diz-se receptivo a doações para o zoo, tanto monetárias como de novas estirpes para a colecção.



"Cumpre todos os objectivos de um zoológico normal. O que faço é resgatar estes vírus - já não muito nocivos, porque são, em geral, vírus antigos que os antivírus detectam muito facilmente - e devolvê-los à Internet, que é o seu habitat natural" explicou, ao jornal El Mundo, o artista Gustavo Romano.



O zoo conta também com uma secção para envio de postais electrónicos infectados. "I Love You", "Marburg" e "Worl Cup 98" são algumas das opções disponibilizadas, apesar de reais têm efeitos principalmente visuais e não causam estragos no computador.



A ciberexposição está patente até 27 de Setembro. Dedicada à divulgação de trabalhos artísticos com base em novas tecnologias, a Galeria Cyberlounge foi criada em 2001 e propõe aos visitantes a interacção com projectos de "net art", vídeo digital e arte sonora.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.