No trimestre móvel de agosto de 2019, existiam um milhão e 509 mil utilizadores de serviços de streaming, de acordo com o Barómetro de Telecomunicações da Marktest. O valor corresponde a 16,8% dos residentes em Portugal continental com 15 e mais anos.

A taxa de penetração destes serviços é sobretudo segmentada por idade e por classe social. Enquanto 39,4% dos mais jovens referem ser utilizadores, apenas 1,1% dos mais velhos assumem tal papel.

tek barometro marktest Streaming

Da mesma forma, entre as classes sociais os valores variam de um máximo de 33,5% entre as classes mais altas e um mínimo de 10,4% nas classes mais baixas, indicam os dados reunidos.

O Barómetro de Telecomunicações mostra ainda que, entre os subscritores de serviços de streaming a preferência vai “destacadamente” para o Netflix.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.