Os dados são do KuantoKusta, apurados com base na utilização daquele comparador online, e revelam que as mulheres e os utilizadores com mais de 65 anos de idade estão cada vez mais adeptos das novas tecnologias e das compras online.

No que diz respeito aos produtos pesquisados, os portugueses já não comparam apenas preços da área tecnológica, embora uma grande parte continue a fazê-lo (76%). A pesquisa de produtos das áreas não tecnológicas, entre elas a puericultura, tem vindo a ter alguma relevância (24%).

Os dados do comparador revelam ainda que aproximadamente 2.000 utilizadores por hora acedem ao comparador para pesquisar preços, número que aumentou 23% relativamente a 2014.

Os acessos continuam a ser, preferencialmente, através do computador (69%) e com o Chrome na liderança, mas o mobile tem ganho destaque e são cada vez mais os utilizadores que comparam e fazem compras com o smartphone (21%), com as pesquisas realizadas via mobile a subir 121 face a 2014.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.