A EURid, que gere o registo de domínios .eu, revogou quase nove mil nomes de domínio considerados abusivos. Os nomes de domínio revogados vão passar agora por um período de "quarentena" de 40 dias, sendo depois libertados para novos registos por 48 horas, de 24 a 25 de Outubro.

A revogação anunciada hoje - e cuja lista de nomes endereços incluídos está disponível online - põe em prática a autorização concedida em sede de recurso, num processo que já se arrasta desde 2006.

O pedido de autorização às instâncias judiciais para remover os domínios foi feito depois de, ao longo desse ano, a entidade ter demonstrado que os cerca de 9 mil nomes de domínio tinham violado os regulamentos de registo.

Depois de a EURid ter recorrido de uma primeira sentença, o Tribunal de Recurso de Bruxelas pronunciou-se a favor da organização - nomeada pela Comissão Europeia como operadora do domínio de nível superior criado para funcionar como uma identidade europeia na Internet (.eu) - que hoje anuncia ter implementado a decisão.

O tribunal considerou que os nomes de domínio em questão "tinham sido registados de má fé e que, portanto, os registos deveriam ser extintos", lê-se na nota enviada aos meus pela entidade gestora.

Segundo explica a EURid, a decisão judicial favorável à extinção dos nomes de domínio desconformes tinha sido emitida Setembro de 2010, mas só agora terminou o período de tempo considerado suficiente para recursos e notificações legais, que lhe implementar a sentença.

Escrito ao abrigo do Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.