Um acordo assinado entre a Microsoft e a Biblioteca Britânica vai permitir que o projecto de digitalização e pesquisa de livros da empresa de Bill Gates arranque com uma oferta de 100 mil títulos, que somam cerca de 25 milhões de páginas.



O projecto da Microsoft, anunciado recentemente, volta a colocar em competição directa a empresa de software, o Google e o Yahoo. As três companhias têm em marcha projectos idênticos nos objectivos, mas que divergem na forma. As diferenças têm colocado o Google debaixo de fogo e motivado o descontentamento das editoras, que se queixam de não estar assegurado o respeito pelos direitos de autor.



Para evitar este confronto, a Microsoft e o Yahoo decidiram avançar, numa primeira fase, com a digitalização de documentos que já sejam domínio público e que por isso não estão protegidos por este mecanismo.



Para desenvolver esta primeira vertente do projecto, dirigida a livros sem copyright a Microsoft estabeleceu uma parceria com a Open Content Alliance (formada pelo Yahoo) que vai permitir a disponibilização online de 150 mil títulos, a que se somam agora mais 100 mil títulos cedidos pela British Library.



Em declarações à BBC, a biblioteca já mostrou a sua satisfação com a iniciativa, que na opinião do director Lynne Brindley "garante o acesso de toda a gente, a toda a hora à vasta colecção da biblioteca".



O projecto da Microsoft avança no próximo ano e vai estar disponível através do MSN. Entretanto o concorrente Google anunciou esta semana que o seu serviço Google Print Library já tem disponíveis 10 mil livros, títulos que também já estão no domínio público.



Notícias Relacionadas:

2005-11-03 - Google disponibiliza mais de 10 mil livros no Google Print


2005-10-27 - Microsoft prepara projecto de digitalização de livros

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.