Desde o início do ano as ameaças bots controladas de forma remota, as ameaças para telemóveis e o spam com imagens têm-se reduzido. A conclusão é da McAfee que fez um balanço das previsões apresentadas no início do ano com as 10 principais ameaças de segurança para 2007.



A lista apresentada pela empresa na altura colocava entre as principais ameaças para este ano o roubo de passwords, o spam com imagens, os ataques tirando partido do número crescente de conteúdos de vídeo, adware, roubo de identidade, vírus para telemóveis, rootkits para plataformas de 32 bits e malware.



A generalidade dos perigos, diz a empresa, têm de facto ao longo do ano ganho expressão, com excepção dos bots, das ameaças dirigidas a telemóveis e do spam com imagens, áreas onde nos últimos meses se tem detectado uma redução das incidências. Por outro lado, o crescimento do phishing para apropriação de dados mantém um ritmo de crescimento muito expressivo, já na ordem dos 784 por cento (número de páginas que veiculam esta ameaça), sem sinais de abrandamento.



Dos alertas de perigo apresentados pela McAfee no início do ano constavam também as vulnerabilidades de software por se verificarem em níveis nunca antes registados. Esta área continua a merecer atenção especial já que só a Microsoft anunciou nos primeiros seis meses do ano 35 novas vulnerabilidades - das quais 25 eram críticas -, contra 32 apresentadas no mesmo período do ano passado.



Notícias Relacionadas:

2007-08-17 - Programa malicioso rouba dados a 46 mil visitantes de sites de emprego

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.