O BES é a primeira instituição financeira em Portugal a abrir as portas de uma sucursal no mundo virtual do Second Life. A estreia do banco neste universo paralelo aconteceu ontem ao final da tarde, num evento que contou com regatas na Baía de Cascais e com a participação de um Cristiano Ronaldo virtual.



A Marina de Cascais foi o local escolhido para abrir o balcão do BES por pertencer a "uma das mais bonitas zonas costeiras do nosso país", referiu o banco ao jornal Expresso. A recriação do espaço costeiro ficou a cargo da ARCI, Associação Recreativa para a Computação.



Quanto aos motivos que levaram a entidade financeira a apostar no mundo virtual do Second Life, o BES indica que é mais uma forma de interagir com os seus clientes, desta vez com os mais de 40 mil portugueses que circulam pela plataforma.



Para além da réplica de um balcão real do BES, existirá um espaço do banco dedicado ao lazer e à cultura. Toda a estratégia gira em torno de uma nova necessidade criada no mercado actual que "compreende que o consumidor tem novos hábitos, novos interesses, novos comportamentos e necessariamente novas expectativas na sua relação com as marcas".



Numa primeira fase, as instalações do BES no SL vão servir para a divulgação de produtos e serviços da marca, para além de promoverem a cultura e lazer nas instalações virtuais. Depois, com o passar do tempo, o banco pretende adaptar-se às exigências do consumidor o mundo virtual.




Notícias Relacionadas:

2007-07-12 - Portugal é 12º na lista de utilizadores activos do Second Life

2007-05-07 - Europeus ganham maior espaço no Second Life

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.