Dentro de duas semanas, a 21 de Abril, será inaugurada a Biblioteca Digital Mundial. A iniciativa parte da Unesco em parceria com outras 32 instituições associadas e será responsável pela agregação de documentos culturais únicos de bibliotecas e arquivos de todo o mundo.

Entre os artigos disponibilizados a público destacam-se manuscritos, mapas, livros, filmes, ficheiros áudio e fotografias, todos com acesso livre e ilimitado.

A iniciativa foi proposta à Unesco em 2005, por James Billington, director da Biblioteca do Congresso dos EUA, que na altura explicava que tal iniciativa daria “a possibilidade de aproximar as pessoas celebrando a profundidade e a singularidade das diferentes culturas num único projecto global".

O plano tem ainda como objectivo ampliar a quantidade e diversidade dos conteúdos culturais na Internet, proporcionar material e documentação, informação e matéria de estudo a professores, alunos e ao público em geral. Outra meta é a minimização da brecha digital entre os diferentes países e dentro de cada um deles.

O site da Biblioteca Digital Mundial, que estará disponível em sete idiomas, incluindo o português, foi concebido por uma equipa da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos e contou com a assistência técnica da Biblioteca da Alexandria.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.