Foi anunciada uma parceria entre o Departamento de Segurança Interna norte-americano e a Universidade de Carnegie Mellon para a criação do US-CERT, um centro de coordenação para a prevenção, protecção e resposta a ciberataques que utilizam a Internet. A parceria envolve o actual Centro de Coordenação CERT, que desde 1988 monitoriza a Internet e analisa as questões de segurança relacionadas com esta rede.



O novo centro criado para o cibercrime vai desenvolver-se inicialmente com a colaboração da National Cyber Security Division (NCSD), o Departamento de Segurança Interna e o próprio CERT, mas o objectivo é alargar a participação ao sector privado. Desta forma pretende-se envolver empresas da área de segurança, especializadas em hardware e software, quer norte-americanas quer internacionais.



Os recentes ataques sofridos com o worm Blaster e o vírus Sobig destacaram a vulnerabilidade das redes e a "urgência de melhorar o programa de resposta de emergência que coordena os esforços nacionais contra ciberincidentes e ataques, justificou Tom Ridge, secretário do Departamento de Segurança em comunicado. Este responsável sublinhou ainda que o centro agora criado é um elemento fundamental na estratégia de combate ao terrorismo e protecção da infra-estrutura norte-americana.



A protecção contra cibertaques e a preservação das infra-estruturas críticas tem sido uma das principais preocupações de segurança dos Estados Unidos, sobretudo depois dos ataques terroristas de 11 de Setembro. Várias medidas foram tomadas no sentido de aumentar a prevenção contra estes eventuais ataques, entre os quais a criação da National Cyber Security Division e o estabelecimento de uma estratégia de cibersegurança.



A parceria com o CERT da Universidade de Carnegie Mellon afiguira-se como natural, já que este centro tem vindo há mais de uma década e meia a trabalhar na área da segurança da Internet e é financiado por entidades federais norte-americanas.



Em comunicado, os responsáveis do Departamento de Segurança Interna afirmaram ainda que a criação do US-CERT era o primeiro de uma série de novas parcerias e iniciativas no âmbito da cibersegurança que deverão ser anunciadas em breve.

Notícias Relacionadas:

2002-12-20 - Administração Bush quer sistema centralizado de monitorização da Internet

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.