Os dispositivos eletrónicos têm vindo a tornar-se cada vez mais “portáteis” com o passar do tempo. No entanto, a diminuição das suas dimensões apresenta um problema, em especial, se os equipamentos estão ligados à Internet. Obter uma boa ligação a um sinal Wi-Fi torna-se mais complicado quando não existe espaço suficiente para as antenas de grande capacidade no seu interior.

Uma equipa de cientistas do Computer Science and Artificial Intelligence Laboratory do Massachusetts Institute of Technology (MIT) descobriu uma forma de contornar o problema. Os investigadores desenvolveram uma superfície "inteligente” que consegue ampliar dez vezes mais o sinal Wi-Fi captado por um dispositivo.

Superfície "inteligente" RFocus e Venkat Arun, um dos seus criadores.
Créditos: MIT CSAIL

A RFocus é composta por uma superfície retangular coberta por cerca de 3.000 pequenas antenas. De acordo com o estudo publicado pelos seus criadores, Venkat Arun e Hari Balakrishnan, a combinação das múltiplas antenas com um software especialmente desenvolvido permite optimizar a recepção de sinal Wi-Fi de uma forma mais económica e sustentável, uma vez que a superfície consome muito menos energia do que os sistemas convencionais de amplificação de sinal.

Funcionamento do RFocus
De acordo com os cientistas, as antenas presentes na RFocus permitem não só a passagem do sinal Wi-Fi, mas também a sua reflexão, ampliando-o dez vezes mais. Créditos: MIT CSAIL

Para já, a RFocus está numa fase experimental, estando ainda longe de poder ser comercializada. Não obstante, os seus criadores preveem que a superfície possa ser instalada como uma espécie de papel de parede tecnologicamente avançado em diversos tipos de espaços.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.