A conclusão é de um estudo da Pear Analytics que conclui que a maior parte da actividade no Twitter é pouco interessante.
Segundo a pesquisa, 40,5 por cento dos tweets enviados pelos utilizadores do site contam factos sem interesse sobre a sua rotina diária, pouco susceptíveis de despertar o interesse da comunidade. Uma percentagem igualmente elevada das mensagens, 37,5 por cento, são conversas entre utilizadores.

Além da "conversa fiada" a actividade do Twitter faz-se de spam, auto-promoção, notícias ou repetição de conteúdos de outros utilizadores, categorias que serviram para organizar os resultados da pesquisa, que partiu da observação de 2 mil mensagens publicadas no site, durante o horário de trabalho e nos dias de semana, em Julho.

Todas as categorias identificadas estão longe das primeiras e mais expressivas, em termos de impacto no "movimento" do site. Entre as menos relevantes, com apenas 3,6 por cento dos tweets, está a informação veiculada por meios informativos, as notícias.

Ainda à frente destes geram mais tweets os utilizadores com nomes falsos, que através de informação falsa conseguem reunir rapidamente um grande volume de seguidores. Representam 3,7 por cento do movimento do Twitter.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.