As crianças e os adolescentes passam grande parte do tempo online a fazer pesquisas sobre sexo e pornografia, atesta um estudo da Symantec. Mas primeiro vêm os vídeos e as redes sociais.

A análise incidiu sobre 3,5 milhões de pesquisas efectuadas entre Fevereiro e Julho deste ano, por utilizadores das soluções de segurança para os mais novos OnlineFamily.Norton.
Entre os termos mais pesquisados encontram-se as palavras "sexo" e "pornografia", que ocupam o quarto e sexto lugares da tabela, respectivamente.

No topo da lista vem "YouTube", seguido de "Google" e "Facebook", só depois há lugar ao sexo e à pornografia.

O universo tido em conta contempla utilizadores do serviço OnlineFamily.Norton, em inglês. O serviço pode ser utilizado por internautas de todo o mundo e a Symantec não disponibiliza dados ou quaisquer estatísticas por regiões, pelo que é difícil determinar quais os países com maior incidência no estudo.

Outras das palavras que as crianças e adolescentes mais procuraram entre Fevereiro e Julho são "MySpace", "Yahoo". Em sétimo lugar surge "Michael Jackson". Na lista dos mais procurados também está a palavra "Fred" - Fred Figglehorn é um personagem de ficção que serve de mote a um dos mais populares canais do YouTube, nos EUA. Em décimo lugar surge o "eBay".



Nota de Redacção:Foi corrigida uma gralha no nome da empresa de segurança que apurou os dados.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.