"Pela primeira vez, a palavra do ano dos dicionários Oxford é pictográfica: oficialmente, é um emoji que se chama `Cara com lágrimas de alegria`, embora possam conhecê-lo com outras designações", explica a empresa britânica, acrescentando que, não sendo a única expressão capaz de representar 2015, é aquela que melhor reflete o "espírito, disposição e as preocupações de 2015".

Para justificar a decisão a Oxford Dictionaries ainda acrescenta que, embora os Emojis andem por aí desde a década de 90, em 2015 a sua utilização explodiu. A própria palavra emoji ganhou um destaque que até aqui não tinha conseguido e a sua utilização triplicou.

Um estudo realizado durante o ano pela Universidade de Oxford em parceria com a Swiftkey permitiu analisar quais os símbolos mais usados e concluiu que a cara escolhida para palavra do ano foi o mais usado em todo o mundo.

No Reino Unido, em todas as ocasiões onde foram usados emojis, 20% recorreram a este boneco. Nos Estados Unidos o boneco que chora a rir esteve em 17% das mensagens que envolveram emojis.

Mal foi conhecida, a escolha dos dicionários Oxford tornou-se polémica. Há quem concorde com a opção, mas há sobretudo quem a critique e sublinhe o facto de um emoji não ser uma palavra. No perfil de Twitter da empresa o ambiente aqueceu. 

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.