O motor de pesquisa DuckDuckGo foi utilizado quase dois mil milhões de vezes em 2014. Conhecido por não partilhar informações relacionadas com a localização e o histórico dos utilizadores, o motor de pesquisa tem crescido exponencialmente ao longo dos últimos meses em parte graças à sua implementação nos serviços da Apple e da Mozilla.



Cerca de 5,39 milhões de pesquisas diárias foram feitas em média no DuckDuckGo em 2014. O motor de pesquisa é um dos 450 sites mais visitados nos Estados Unidos da América e um dos 900 mais populares do mundo. O seu diferencial é manter total anonimato sobre quem o utiliza, já que não partilha informações relacionadas com os elementos de pesquisa, o histórico ou a localização, frequentemente explorados por empresas de marketing.



Este é o segundo ano consecutivo de crescimento para o DuckDuckGo, que em 2014 foi utilizado 1,97 mil milhões de vezes. Só em dezembro, o seu melhor mês de sempre, realizou mais de 220,5 milhões de pesquisas, uma média de 7,113 milhões de utilizações diárias.

Estes números positivos surgem depois de a Apple e da Mozilla terem integrado o DuckDuckGo como soluções de pesquisa para os seus clientes. A empresa da maçã acrescentou o motor de pesquisa ao Safari em setembro e, dois meses mais tarde, seria a vez de o Firefox disponibilizar também esta opção.



“O DuckDuckGo tem crescido significativamente com a integração em ambos os serviços”, comentou à publicação Quartz o CEO da empresa, Gabriel Weinberg, apontando também para a pouca exatidão dos números pelo facto de site “não rastrear a atividade” de quem o utiliza.



A frequência de utilização cresceu em torno dos 10,2% nos últimos quatro meses do ano e a tendência é para que cresça ainda mais. Nos primeiros 15 dias de 2015, o DuckDuckGo já realizou mais de 106 milhóes de pesquisas, uma média de quase 7,6 utilizações por dia.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.