A partir do próximo ano lectivo, que nos Estados Unidos arranca em Agosto, os estudantes do ensino secundário do Estado da Califórnia vão deixar de transportar livros. Os tradicionais suportes em papel da matéria aprendida nas aulas vão entrar na era digital. As primeiras disciplinas a adoptar o novo sistema vão ser a matemática e as ciências.

Arnold Schwarzenegger, governador do Estado, explicou a medida pela facilidade de actualização que os conteúdos digitais permitem, face aos conteúdos publicados em papel, mas na verdade a principal razão para a mudança é mesmo a potencial poupança de custos.

O Estado acumula uma dívida de 24,3 mil milhões de dólares. Só em livros gastou no último ano lectivo 350 milhões de dólares, um gasto que não pode repetir devido às graves restrições orçamentais que enfrenta.

Ainda assim, a iniciativa passa como uma forma de aproveitar o interesse dos jovens pelas novas tecnologias e pelos canais online, bem como uma forma de apostar em conteúdos que se actualizam com maior facilidade.

Os conteúdos online acreditados serão previamente avaliados e verificada a sua conformidade com as definições em vigor para cada um dos programas curriculares, relata a BBC que avança a notícia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.