A Akamai apresentou o seu relatório trimestral sobre o Estado na Internet, baseado nos números apurados pelos servidores ligados à sua rede. De acordo com os dados apurados, em 226 países ligaram-se aos servidores da empresa neste período 444 milhões de endereços IP únicos, mais 4,5 por cento que no trimestre anterior, com os Estados Unidos e a China a controlar 40 por cento dos acessos.

Em termos globais os números da Akamai mostram que a velocidade média de acesso à Internet nos 226 países analisados aumentou 18 por cento, para 1,7 Mbps. O valor baixo deve-se ao facto de em 103 dos países analisados a velocidade média de acesso à Internet ser inferir a 1 Mbps, um número que ainda assim representa uma melhoria face aos anteriores três meses do ano, quando 125 países estavam abaixo deste limite.

A Coreia do Sul continua a liderar na velocidade média de acesso à Internet, próxima dos 15 Mbps. Na lista seguem-se Japão, Hong Kong, Roménia e Suécia que completam o Top 5, todos com velocidades médias acima dos 5 Mbps.

Portugal também é avaliado e embora arredado das tabelas que exibem as melhores ligações de banda larga e as melhores médias do estudo consegue algumas referências de destaque.

O estudo leva a análise ao nível das cidades para perceber, nos vários países por onde passa a sua análise, onde estão as melhores ligações de banda larga. Portugal surge com destaque na tabela que avalia a percentagem de ligações aos servidores da Akamai acima dos 2 Mbps - nas análises que procuram as melhores ligações em velocidades superior Portugal nunca é destacado.

No quadro onde são apuradas as dez cidades europeias com maior percentagem de ligações acima dos 2 Mbps Portugal surge com: Ferro, Moita, Palmela, Feira, Funchal e Aveiro, arrematando seis dos 10 lugares disponíveis.

Nas primeiras três localizações diz o relatório que 99 por cento das ligações aos servidores da Akamai dispunham de velocidades acima dos 2 Mbps. Nas restantes cidades o valor apurado é de 98 por cento, entre os 1,87 milhões de endereços IP únicos ligados à Akamai a partir de Portugal. Em termos globais 78 por cento das ligações avaliadas em Portugal estão acima dos 2 Mbps.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.