Os Estados Unidos estão a preparar uma estratégia destinada a assegurar a privacidade na Internet, que poderá passar pela concepção de legislação específica e pela criação de um novo gabinete, responsável por supervisionar os esforços desenvolvidos nessa área.

As novas medidas estão a ser desenvolvidas em conjunto com o Departamento de Comércio norte-americano e, segundo avança o The Wall Street Journal, serão conhecidas em detalhe num relatório a apresentar durante as próximas semanas.

A iniciativa marca um ponto de ruptura na estratégia para a Internet adoptada até agora pelos executivos anteriores, que preferiram não criar regulação específica, por considerarem que esta poderia limitar a inovação.

Nos Estados Unidos não há uma lei específica que proteja a privacidade online. Estas questões são geralmente supervisionadas pela Federal Trade Comission, que contudo só pode intervir em determinadas situações.

A Administração Obama vem agora defender que a auto-regulação instituída até agora para a Internet não está a funcionar devidamente e que é necessário intervir para proteger os internautas, numa altura em que há cada vez mais informação pessoal a circular online.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.