Depois de meses de rumores e especulação, o Facebook estreia-se, esta sexta-feira, em bolsa, naquela que deverá ser a maior Oferta Pública Inicial (IPO na sigla em inglês) de uma tecnológica e a segunda maior de sempre na história do mercado de capitais dos Estados Unidos.

A rede social criada por Mark Zuckerberg vai colocar no mercado 421.233.615 ações, cada uma com um valor de 38 dólares, o que estima a entrada em bolsa em mais de 16 mil milhões de dólares - cerca de 12,6 mil milhões de euros.

Os preços estabelecidos avaliam o serviço acima dos 104 mil milhões de dólares, mais do que o valor de mercado da Amazon e cerca de metade do atribuído à Google, compara a CNET.

Também colocam a rede social na liderança das estreias no NASDAQ, com um valor quase 10 vezes acima do conseguido pela Google em 2004 (1,666 mil milhões). A confirmar-se, o valor reunido pelo Facebook na IPO só ficará atrás do registado pela VISA em março de 2008 (17,9 mil milhões de dólares)

A entrada em bolsa do Facebook acontece numa altura em que o serviço reúne mais de 901 milhões de utilizadores (em que 526 milhões estão ativos todos os dias), regista 125 mil milhões de relações estabelecidas e tem 3,2 mil milhões de "likes" e comentários diários.

A estreia está marcada para as 11:00 de Nova Iorque desta sexta-feira, quatro da tarde em Portugal. FB será o símbolo da empresa no NASDAQ.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Patrícia Calé

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.