A Microsoft disponibiliza hoje uma correcção extraordinária que vai corrigir uma falha crítica em versões antigas do Internet Explorer, já explorada e que permite o controlo remoto das máquinas afectadas.


Numa nota divulgada ontem para anunciar a correcção fora da habitual segunda terça-feira do mês, altura em que geralmente a empresa concentra as actualizações de software necessárias para os seus produtos, a Microsoft recomendou urgência no download do pacote de actualizações.


"Recomendamos que os clientes instalem o update assim que este estiver disponível". Na mesma nota a Microsoft explica que tem vindo a "monitorizar o problema e decidiu que era necessário um lançamento fora do habitual para segurança dos clientes".


No início de Março a dona do Internet Explorer já tinha revelado estar a investigar uma falha que afectaria as versões 6 e 7 do Internet Explorer e que permite o controlo remoto das máquinas afectadas. Agora - que o exploit já foi publicado online e a abrangência dos ataques aumentou - avança com as correcções necessárias para resolver o problema e junta-lhes mais algumas.


No lançamento extraordinário previsto para hoje, a Microsoft junta à correcção de elevada prioridade outras nove, algumas também dirigidas à mais recente versão do browser. No total são visadas todas as versões do browser em todas as versões do Windows.


O browser da empresa liderada por Steve Ballmer esteve no centro das atenções já este ano, depois de se confirmar que os ataques dirigidos às redes de várias empresas americanas, como a Google, originados na China, tiraram partido de uma falha no IE. Nesta altura a empresa também antecipou o lançamento de correcções.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.