Arranca hoje a segunda edição do Lisbon Village Festival. Este festival de cinema digital leva à competição filmes que na construção da história usam regras tradicionais, mas em tudo o resto se socorrem de meios digitais.



Os promotores garantem que é uma forma mais rápida e mais barata de fazer cinema que também traz vantagens ao nível da distribuição, que é mais rápida e permite reduzir o período que medeia a conclusão do filme e a sua chegada às salas de cinema, em comparação com a tradicional película.



Nesta segunda edição do festival, Bruno de Almeida é o autor do primeiro filme a ser exibido. O The Lovebirds passa esta noite no cinema São Jorge para contar seis histórias que se vão cruzando ao longo do filme rodado em Lisboa. Protagonizam o filme a filha de Robert de Niro, Drea De Niro, o Chris da série Sopranos, John Ventimiglia, Rógerio Samora e Ana Padrão, entre outros.



Até ao próximo dia 24 de Junho serão exibidas todas as nove longas metragens a concurso e as quase duas dezenas de curtas metragens. Em ambas as categorias há trabalhos portugueses, americanos, argentinos, italianos e ingleses, entre outros.



A par com o programa competitivo, quem pretender acompanhar o festival pode ainda conhecer trabalhos de jovens talentos, ter acesso a mostras de cinema e acompanhar vários debates.



A data oficial de arranque desta segunda edição do festival foi no passado dia 7 de Junho, mas apenas hoje se inicia a exibição de filmes.



Notícias Relacionadas:

2006-12-02 - Cinema digital chega a 4 salas da Lusomundo

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.