A Google vai fechar o Google Labs, que funciona como uma espécie de incubadora para projectos experimentais da empresa. A decisão, confirmada esta semana, está relacionada com novas políticas no que respeita às prioridades no desenvolvimento de produtos.

Segundo explicou numa mensagem publicada no seu blog oficial, o encerramento do Google Labs insere-se num esforço de racionalização e simplificação das linhas de produtos da companhia.

"Estamos a definir prioridades no que respeita aos esforços aplicados aos nossos produtos. Como parte desse processo, decidimos encerrar o Google Labs", lia-se no post assinado pelo vice-presidente da empresa para a área de investigação e infra-estrutura de sistemas, Bill Coughran.

Alguns dos projectos em desenvolvimento serão, por isso, extintos. Noutros casos, os produtos e tecnologias serão incorporados em áreas diferentes de produto, esclareceu. Aqueles que sejam aplicações para Android, continuarão a estar disponíveis através do Android Market.

O responsável continua afirmando que embora tenham aprendido imenso com o lançamento, através do Labs, de protótipos em fases muito embrionárias, é agora crucial que a empresa se disperse menos, para tirar "maior partido das oportunidades extraordinárias que se aproximam" - sem revelar mais.

Na sequência dos comentários e preocupações revelados por utilizadores, Bill Coughran veio ainda esclarecer que a empresa não pretende fazer alterações aos canais destinados a testar novas funcionalidades integradas em produtos já existentes da empresa, como acontece com o Gmail Labs ou o Maps Labs.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.