Concorrendo directamente com o Yahoo, MSN e AOL, o Google disponibilizou ontem ao final do dia o seu novo serviço de Instant Messaging e VoIP (entre PCs). O Google Talk representa mais um passo da empresa de busca no alargamento da gama de serviços Internet mas distingue-se das iniciativas da concorrência pela procura de compatibilidade com outras aplicações de Instant Messaging.


Com utilização limitada aos assinantes do GMail, o Google Talk oferece um serviço de mensagens instantâneas entre "amigos Gmail" e ainda a possibilidade de realizar comunicações de voz dentro dessa lista de contactos. Ainda em versão beta, como é já habitual nas produções do Google Labs, a aplicação só pode ser usada no Windows XP ou 2000 mas a empresa garante que quer alargar a lista de plataformas compatíveis e de línguas oferecidas.




Ao contrário da MSN, Yahoo e AOL, o Google está a apostar na compatibilização do Google Talk com outras aplicações de Instant Messaging, garantindo para já a interligação com o Adium, GAIM, iChat, Psi e Trillian Pro. Na secção de FAQ do Google Talk sublinha-se que a empresa acredita que o utilizador deverá poder escolher a forma como quer comunicar, sem se limitar a um serviço. "Hoje, no Instant Messaging, você não pode falar com os seus contactos ou amigos num serviço usando outro serviço. Esperamos mudar isso", acrescenta o documento.




O facto de usar o protocolo XMPP para autenticação, presença e messaging deverá permitir que qualquer cliente de Instant Messaging que suporte Jabber/XMPP possa estabelecer uma ligação com o Google Talk, o que abre portas à sua interligação com o SAPO Messenger.




Arestas a limar

As limitações do Google Talk residem porém na ligação imprescindível ao serviço de webmail Gmail e na restrição do VoIP a ligações entre PCs com o serviço de IM. Só os utilizadores do Gmail - que funciona por convites - podem utilizar o Google Talk e ficam limitados aos seus contactos com GMail, embora possam convidar mais amigos para se juntarem a esta rede.



Num anúncio realizado já hoje o Google alterou ligeiramente a política de acesso ao GMail, uma decisão tomada para garantir maior abertura ao serviço Google Talk. A partir de hoje os internautas residentes nos Estados Unidos vão poder subscrever o serviço de webmail sem convite de outros utilizadores. Basta fornecerem no site o número de telemóvel, recebendo depois um código por SMS que acciona um convite para abrirem uma conta de correio electrónico e se tornarem membros.



Também o VoIP poderá ser uma desilusão para quem espera poder ligar para números da rede fixa ou móvel, à semelhança do Skype. O Google Talk limita-se a estabelecer comunicações de voz entre PCs com o serviço, embora a empresa não afaste a ideia de alargar as funcionalidades nesta área.



Nota da Redacção: [2005-08-24 15:05:00 A notícia foi alterada para acrescentar a informação sobre a abertura do serviço GMail aos residentes nos Estados Unidos.

Notícias Relacionadas:

2005-08-22 - Google renova ferramenta de pesquisa no desktop

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.