A Google abriu uma nova opção de video units no seu programa AdSense. A publicidade será aplicada apenas aos vídeos do YouTube embebidos em sites de terceiros, sendo constituída por uma moldura ou por um texto em overlay no próprio vídeo, mas que o utilizador poderá minimizar.

Os vídeos disponibilizados representam apenas uma pequena parte da biblioteca do YouTube, restringindo-se aos conteúdos fornecidos por parceiros, como a Expert Village, com temas do tipo faça-você-mesmo ou a Extreme Elements, com vídeos de desportos de aventura e viagens.

A publicidade que acompanha os vídeos será direccionada ao conteúdo do site ou aos termos que o utilizador submeter a buscas dentro do mesmo. Os vídeos só poderão ser disponibilizados desta forma com o prévio consentimento dos parceiros de conteúdos do YouTube. Os sites que utilizem o AdSense poderão ainda escolher o tamanho e cores do media player e o tipo de vídeos que querem ver embebidos.

Os lucros da publicidade serão repartidos entre a Google, os criadores dos vídeos e os donos dos sites onde os vídeos serão embebidos, desconhecendo-se ainda as percentagens atribuídas a cada um.

O facto de a Google apenas distribuir através do AdSense conteúdos de parceiros com acordos, ultrapassa o âmbito da publicidade e aproxima a empresa do papel de um distribuidor de conteúdos e do formato de distribuição sindicalizada.

Notícias Relacionadas:

2007-05-28 - Google inicia fase de testes do serviço AdSense for Vídeo

2006-05-27 - Google anima área da publicidade com a introdução de vídeos

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.