São 50 os filmes que a National Legal and Policy Center (NLPC) encontrou disponíveis na Internet através de uma simples pesquisa no Google Vídeo, disponibilizados por utilizadores que podem ser acusados de pirataria. A organização acusa a Google de não tomar as medidas necessárias para evitar estes casos.

Entre os filmes contam-se o Homem Aranha 3, Diamantes de Sangue, Carros, Sicko e ainda séries de Televisão e concertos. A lista completa está disponível no site da NLPC que admite que a maioria dos conteúdos está disponível sem a respectiva autorização dos detentores dos direitos de copyright.

A National Legal and Policy Center pretende com esta operação alertar os utilizadores para a pirataria, embora admita que os 50 títulos identificados sejam uma parte ínfima dos vídeos pirateados na Internet.

A Google tem sido alvo de uma série de críticas por não limitar a difusão de vídeos protegidos por direito de autor, sobretudo no YouTube. Em resposta à divulgação da lista o porta-voz da empresa já lembrou que a Google coopera com os detentores dos direitos de autor na validação dos conteúdos.

Notícias Relacionadas:

2007-04-17 - Google apresenta ferramenta anti-pirataria para o YouTube

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.