A partir de um de Agosto todos perfis registados no Google Profiles passam a ser públicos. Um dia antes, a 31 de Julho, a empresa de Internet fará uma limpeza aos arquivos para eliminar todos os que não se encontrem nessas condições.


Numa nota no blog, a Google explica que actualmente a maioria dos perfis criados no serviço - desenvolvido pela fabricante para ajudar os utilizadores a gerir a sua identidade online e a ter algum controlo sobre a sua informação pessoal visível em resultados de pesquisas - já são públicos.


Para além disso, a empresa acredita que "usar o Google Profiles para ajudar as pessoas a encontrarem-se e ligarem-se online é a melhor forma de usar o produto", justificando dessa forma o fim da possibilidade de manter todos os dados com acesso privado.


Contudo, a obrigatoriedade de disponibilizar os dados pessoais publicamente estende-se apenas ao nome e ao género. Toda a restante informação pode ser editada ou removida, se o utilizador não a pretende partilhar.


O Google Profiles é sugerido a todos os utilizadores com contas activas nos serviços da Google. Os dados lá submetidos (como o nome) quando são alterados no Profiles seguem o mesmo destino noutros serviços da fabricante. No entanto, é possível apagar o perfil e manter as contas Google activas.




Nota de redação: Adicionado à notícia um link para o comunicado da Google que explica a decisão, justificada a partir de uma nota num blog como o TeK já referia.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.