O Governo, através do Ministro Adjunto do Primeiro Ministro José Luís Arnault, homologou 21 candidaturas de instituições de Ensino Superior no âmbito da iniciativa e-U Campus Virtuais. Às 21 candidaturas está adjudicada uma verba de 16 milhões de euros, financiada pelo POSI - Programa Operacional para a Sociedade da Informação.



A homologação significa que estão ultrapassadas todas as etapas legais pelas quais as instituições têm de passar até que as suas propostas sejam recepcionados, verificadas, financiadas e aprovadas. A esta fase segue-se a compra de equipamentos e a construção das respectivas redes wireless, passo que algumas destas instituições já começaram a dar.



Ao projecto e-U aderiu 80 por cento da comunidade académica, o que representa 57 entidades entre ensino público, privado e cooperativo, das quais 43 já viram as suas candidaturas validadas pela UMIC - Unidade de Missão Inovação e Conhecimento. De acordo com os objectivos traçados serão ligadas, através de uma rede sem fios, todas as entidades de ensino superior nacional (que tenham concorrido ao projecto).



A criação da rede é complementada com um conjunto mínimo de serviços e conteúdos digitais a disponibilizar aos alunos. Depois de finalizada, esta deverá ser a maior rede académica sem fios do mundo permitindo aos alunos recolher material de estudo, assistir às aulas, inscrever-se ou aceder às suas notas, via Internet.



O projecto e-U não se esgota na ligação em rede das universidades e na digitalização dos conteúdos das mesmas, estando também a ser trabalhada forma de garantir o contacto permanente entre universidade e aluno. Para dar resposta a este objectivo a UMIC solicitou a colaboração da indústria que está a oferecer condições especiais de aquisição de produtos e serviços para estudantes e professores. Estes apoios são dados pelos fabricantes de equipamentos e software, banca (financiamento à aquisição), ISP, operadores, etc.



As características da rede a implementar e a mobilidade que esta permite fazem com que o acesso facilitado dos estudantes a computadores portáteis e acesso à Internet de banda larga sejam peças fundamentais do projecto, por forma a garantir que o aluno poderá estender a rede a sua casa ou a qualquer outro ponto onde necessite de se manter em contacto.



Notícias Relacionadas:

2003-07-22 - Software open source nas Universidades com a iniciativa Campus Virtuais


2003-02-14 - Projecto Campus Virtuais pretende incentivar acesso móvel à Net a nível nacional


2003-01-22 - Campus Virtuais facilitam acessibilidade às TIC no ensino superior

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.