O grupo AnonymousIRC anunciou ontem ter conseguido violar a segurança da Apple e para o provar publicou online 26 nomes de utilizadores e passwords alegadamente obtidos neste ataque. A informação foi divulgada a partir da conta do Twitter do grupo que reclama unir os Anonymous e os LulzSec.




Este parece ser o mais recente alvo da campanha Anti-Sec, lançada pelo novo grupo, mas na curta mensagem do Twitter através da qual divulga os endereços o AnonymousIRC parece mostrar também que neste momento está a colocar o seu "empenho" noutro lado, e que não há interesse em continuar a atacar a Apple.





Depois deos ataques dos LulzSec terem marcado a agenda da segurança informática nas últimas semanas, visando uma série de empresas privadas e entidades públicas, o grupo de hackers AnonymousIRC mantém a campanha que pretende manter a operação Anti-Security e defender o manifesto promovido pelo LulzSec, que entretanto "encerraram" actividade.



O ataque foi inicialmente relatado pelo The Hacker News mas vários meios de comunicação norte-americanos divulgaram ontem a notícia, incluindo o The New York Times. A Apple não comenta a quebra da segurança que pode afectar a sua imagem, sobretudo numa altura em que a empresa se prepara para alargar os seus serviços de cloud computing com o iCloud.




Na semana passada um outro grupo de hackers, o YGN Ethical Hacker Group, comunicou ter identificado vulnerabilidades num site de desenvolvimento da Apple e na sexta-feira passada, 1 de Julhoactualizou a informação.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.