Um homem de 31 anos foi detido na Madeira acusado de burla informática. O
esquema envolvia a troca de referências Multibanco com internautas para a compra de artigos online e a venda posterior desses mesmos artigos a terceiros.




Segundo a Polícia Judiciária, o suspeito identificava produtos informáticos e de telecomunicações online escolhendo o Multibanco como meio de pagamento.




De seguida publicava anúncios de venda dos mesmos produtos em sites especializados, indicando aos potenciais compradores que efectuassem os pagamentos através de referências bancárias. Os burlados acabavam por pagar produtos que acabavam na posse do suposto vendedor e não na posse de quem efectuava o pagamento. Os produtos comprados pelo burlão através deste esquema era ainda, em muitas ocasiões, vendidos novamente.




O detido terá realizado cerca de uma centena de transacções deste género, ascendendo a burla "a um montante consideravelmente elevado", refere a PJ.




Notícias Relacionadas:

2008-06-16 - Investigação de crimes informáticos prejudicada por novo Código Penal

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.