A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA, em inglês) anunciou que os bilhetes aéreos em papel têm os dias contados. A entrada definitiva numa nova era será seguida pelas 240 companhias que integram o organismo, em 162 países, e torna-se efectiva a 1 de Junho de 2008.



A eliminação dos bilhetes em papel e a sua substituição por bilhetes electrónicos - que boa parte das companhias hoje já disponibilizam com descontos na ordem dos 6 euros, face aos bilhetes em papel - vai permitir poupanças significativas, para as companhias aéreas e para a natureza.



De acordo com dados da IATA, as companhias aéreas vão poupar anualmente 2200 milhões de euros. Já no que se refere à natureza, a medida permitirá poupar o abate de 50 mil árvores por ano.



Desde o primeiro anúncio da ATA para a eliminação de bilhetes em papel, em 2004, a medida tem vindo a ser progressivamente implementada pelas empresas suas associadas. No ano passado dos 400 milhões de bilhetes aéreos emitidos apenas 16,5 milhões foram emitidos em papel. .



Notícias Relacionadas:

2006-08-16 - TAP já registou mais de 5 mil check-ins online

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.