Além de ser a rede social mais reconhecida, é no Facebook que a maioria dos portugueses que tem contas neste tipo de sites está presente, sendo também o site que mais valorizam.

Os dados são de 2013 e constam do mais recente estudo Os Portugueses e as Redes Sociais, da Marktest, que abrangeu 4,125 milhões de utilizadores, residentes no Continente com idades compreendidas entre 15 e 64 anos.

Os resultados mostram que 94,6% dos inquiridos têm conta no Facebook. As preferências passam depois pelo Youtube (38,9%), o Google+ (34,1%), o LinkedIn (30,9%) e o Hi5 (30,9%).

[caption] [/caption]

Na nona posição, o Pinterest é a rede com maior aumento face a 2012, ao contrário do MSN, que é o site que mais desce.

O Instagram, que foi pela primeira vez analisado nesta edição do estudo, é o sexto site que mais utilizadores referem de forma espontânea conhecer, sendo o oitavo em taxa de penetração, com 15,4%, números que mostram que é uma das redes sociais do momento em Portugal.

As elevadas taxas de penetração do Facebook são naturalmente comuns a todas as faixas da população, mas entre os restantes sites há algumas diferenças nas suas posições relativas, nota a Marktest.

O MSN ganha relevância na faixa etária maia jovem (15-24 anos), sendo o quarto site com maior taxa de penetração, mas entre os indivíduos com mais de 24 anos, é o LinkedIn que ganha peso, classificando-se na terceira posição. Entre os mais velhos (35-64 anos), é o Google+ que ocupa a segunda posição em taxa de penetração.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.