Assumindo-se como uma alternativa ao YouTube, foi hoje oficialmente lançado o Jalipo, um canal de distribuição de conteúdos de vídeo na Internet. O sítio quer capitalizar o crescente interesse dos internautas neste tipo de conteúdos e conta já com a parceria da BBC World e da Al Jazeera.

O Jalipo garante que vai exercer maior controle sobre a exibição de conteúdos protegidos por direito de autor de forma a evitar problemas de copyright como os que têm afectado o YouTube. Os conteúdos pagos fazem parte do modelo de negócio, favorecendo a monetização de vídeos colocados online, aos quais o site vai aplicar restrições territoriais e garantir protecção.

Os utilizadores vão pagar uma taxa de visualização por minuto para aceder a determinados conteúdos, pelo que estão já assinados acordos de cooperação com a BBC World, Al Jazeera English, a France 24 e a Bloomberg. Para breve estão prometidos canais de desporto, concertos e filmes independentes.

Os vídeos criados pelos utilizadores não deixam porém de ter um papel central na estratégia do site, aproveitando o crescente interesse dos internautas neste tipo de conteúdos que tem marcado o sucesso do projecto YouTube.

Notícias Relacionadas:

2007-01-05 - Tribunal renova decisão de obrigar YouTube a apagar vídeo de Daniela Cicarelli

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.